fbpx

Cart

Safra Salvador Dali

O Guia Surrealista de Vinhos de Salvador Dalí

Conhecido por sua extravagância e excentricidade, Salvador Dalí era um artista que incorporava o surrealismo em práticas cotidianas desde pintar, cozinhar, comer ou até mesmo no simples ato de degustar um vinho.

Em seu guia de vinhos Vins de Gala (Os Vinhos de Gala), lançado originalmente em 1978, ele propôs uma nova classificação da bebida que foge dos padrões técnicos ou geográficos. O livro que foi republicado em 2017, conta com mais de 140 pinturas e colagens, criadas por Dalí, e uma seleção de vinhos com seu próprio método de classificação nomeado de “Intromissão”.

Aroma, sabor, densidade e ano não qualificam os vinhos nesse sistema, mas sim o sentimento que a bebida dionísica evoca. “Vinhos de Generosidade”, “Vinhos de Alegria”, “Vinhos do Amanhecer”, “Vinhos de Sensualidade”, “Vinhos de Frivolidade”, “Na direção do alcance infinito de nossas almas”, entre outros são alguns dos títulos adotados pelo catalão para descrever seu estado de espírito após degustá-los.

O livro de 296 páginas ainda contém informações sobre a produção de vinhos e uma seção onde Dalí descreve como pedir vinho de acordo com sua experiência emocional, na qual cita: “Um verdadeiro conhecedor não bebe vinho, mas sabe seus segredos”.

Com o olhar peculiar do mestre surrealista, a obra é um convite para embriagar-se de poesia na companhia de uma boa taça de vinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...