fbpx

Tipos de saca-rolhas

Para apreciarmos um vinho, primeiro precisamos abrir a garrafa usando um bom saca-rolhas.

Assim como os tipos de rolha, são tantas as opções de abridores, cada um com seus benefícios e desvantagens, que talvez você ainda não saiba qual a melhor escolha.

Por isso, apresentamos a seguir uma lista dos tipos mais populares para que possa escolher o melhor para você.

• Tradicional

Parece simples, afinal, basta inserir a rosca na rolha e depois puxar. Mas não é tão fácil quanto parece.

Com formato de T, o saca-rolhas tradicional não possui uma alavanca. Ou seja, é preciso utilizar o “método da força bruta” para puxar a rolha.  Além disso, sem a técnica necessária, a rolha pode se quebrar.

 

• Sommelier

Este requer uma habilidade moderada. É muito parecido com o tradicional, porém possui uma dobradiça dupla que funciona como alavanca, permitindo que a rolha seja removida facilmente após a inserção do parafuso. O saca-rolhas sommelier é considerado o mais confiável de todos.

 

• Borboleta

Foi desenhado para ser o mais simples de usar. Utilizando o gargalo como apoio e girando a espiral para que seja inserida na cortiça, ao mesmo tempo em que os braços da ferramenta sobem, a rolha é removida com facilidade quando descemos os braços. O problema é que a espiral pode atravessar toda a rolha, ocasionando farelos ao vinho. Além disso, alguns modelos não se encaixam perfeitamente nos gargalos.

 

• Coelho

Este modelo é excelente para iniciantes, por ser o mais fácil de usar.

O nome é devido a maneira como o sistema de alavancas se assemelha às orelhas longas de um coelho.

Para usá-lo basta prender as “orelhas” ao redor do gargalo, baixar a alavanca para aplicar a espiral na rolha e puxa-la de volta para cima. Pronto! Garrafa aberta sem muito esforço.

 

• De Mesa

Tem o mesmo princípio do saca-rolha coelho, porém ocupa muito mais espaço.

Para retirar a rolha, basta posicionar a garrafa, acionar a alavanca para baixo e depois para cima. Simples assim!

Embora não seja portátil, é visualmente atraente.

 

• Elétrico

Este modelo é sinônimo de zero esforço, basta apertar um botão e a garrafa é aberta.

Assim como o borboleta, o perigo é a espiral atravessar a rolha. Com isso, o vinho ficará cheio de farelos.

• Pinça          

Composto por duas pontas finas de metal presas a uma alça, este abridor foi projetado para rolhas sensíveis.

É indicado para abrir garrafas de vinho vintages, que utilizam rolhas naturais. Isso porque outros abridores podem danificar a cortiça, fazendo com que ela se desfaça.

Para usa-lo, é preciso inserir as pontas entre a rolha e a garrafa, tomando cuidado para não empurrar a rolha para dentro. Feito isso, basta torcer a alça e puxar para cima, removendo a cortiça.

Este é considerado um dos mais difíceis de usar.

Agora que você já leu sobre os diferentes tipos de abridores de vinho, escolha qual garrafa irá abrir e aproveite!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading...